Buscar
  • gigatank

O be-a-bá de um sistema intensivo de produção de peixes e camarões

Atualizado: 3 de jun. de 2019

Olá, sou Omar Queiroz, empreendedor e idealizador da GIGATANK. Em mais de 7 anos, tenho montado projetos com sistemas intensivos de peixes e camarões pelo Brasil.


Ao longo destes anos as técnicas foram aperfeiçoadas, porém o princípio básico de um sistema intensivo é: CONTROLE. Esta é a palavra chave. Iniciarei este blog com uma série de assuntos importantes que desenvolverei ao longo do tempo e da disponibilidade (entre obras e obras país afora e exterior) e espero passar um pouco do conhecimento que adquiri criando sistemas de todos os tamanhos e formas, com água doce e salgada, para peixes e camarões.

Sistema intensivo de camarões
GIGATANK - Omar Queiroz - Sistema intensivo de camarões

Controle é tudo. Em sistemas intensivos não se admite a falta dele. Controle de água, parâmetros, alimentação, aeração, insumos... A grande vantagem deste tipo de sistema, obviamente é o confinamento expressivo dos animais e o uso racional do espaço e da água.


Porém ao longo da vida deste blog, falarei especificamente de trajetórias que devem ter a atenção do produtor de uma maneira bem fácil de entender, mesmo que a linguagem técnica (inevitável em certos casos) não ajude muito.


Produzir com pouco espaço e pouca água, requer habilidades em reconhecer pontos importantes afim de evitar situações desagradáveis como perdas parciais ou totais da produção. Uma das principais é o controle do ciclo do nitrogênio. Para muitos o grande vilão dos sistemas intensivos ou sistemas fechados de produção. Este cara, tira o produtor do sério. Principalmente produtores que ainda não estão completamente preparados e se arriscam neste tipo de produção.


Ao ter consciência de que um sistema intensivo precisa de CONTROLE total e domínio das ferramentas de cultivo, o produtor virá o jogo ao seu favor, experimenta uma significativa redução de riscos e amplia seu conhecimento em busca do sucesso.


Acompanhe este blog e amos juntos falar mais sobre este tema! Até mais!


Omar Queiroz

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo